Ajude-nos: Avise-nos caso o anúncio não condiga com este site!
 
: Cadastre-se : Navegue aqui:
Especiais
Apocalipse (2)
Bíblia (1)
Comentários (3)
Deus & Jesus (6)
Diversos (20)
Evangelismo (8)
Família (6)
Finanças (1)
Igreja (9)
Jovens e Adolecentes (1)
Musica e Louvor (24)
Oração (1)
Palavra da Fé (14)
Pecado (3)
Polemico (8)
Reflexões (32)
Teologia (14)
Testemunhos (2)
Vida Cristã (29)
Anderson Alcides (4)
Cristiane T. Menezes (5)
Damião B. de Alencar (4)
Daniel Tavares (2)
Diversos (14)
Douglas Araujo Falcão (2)
Eduardo M. Andrade (1)
Elias Pinheiro (8)
Geiza Moura de Lima (3)
João Guilherme (1)
Juvenal F. S. Filho (7)
Marcio Barreto (3)
Mauro C. Graner (27)
Paulo Christiaanse (2)
Pr. Célio Alves da Silva (2)
Pr. Ivaldo Costa (6)
Pr. Luciano P. Subirá (2)
Pr. Luis Carlos (3)
Pr. Otoniel F. Menezes (14)
Pr. Paulo R. Barbosa (30)
Pr. Paulo S. Barreto (3)
Pr. Raul de Sousa (13)
Pr. Valdir F. Menezes (7)
Pra. Janethi T. Menezes (4)
Rafael Gomes Portela (6)
Robson A. C. Olate (4)
Rodolfo N. da Silva (1)
Sheder Chagas (6)
 
Os artigos contidos neste site são de responsábilidade exclusiva de seus autores ou colunistas que os introduziram no site. Eles também podem não representar inteira ou em partes a opinião deste veículo de comunicação.
Artigo / Vida Cristã / Pr. Otoniel F. Menezes
Jejum
Qual o jejum que faço pra mim? Qual o que faço pra Deus? Qual é o jejum que agrada a Deus?

AURÉLIO:
Jejum:

  1. Abstinência ou abstenção total ou parcial de alimentação em determinados dias, por penitência ou prescrição religiosa ou médica.
  2. Estado de quem não come desde o dia anterior.

Vejamos como é o jejum Bíblico:

O jejum é uma prática religiosa adotada desde a antigüidade. A primeira vez que o verbo jejuar está registrado na Bíblia, encontra-se em Juízes, 20:26 e refere-se a um jejum de AGRADECIMENTO que o povo de Israel fez, por terem conseguido vingar o ultraje feito a um levita.

 »JUÍZES [20]
26- Então todos os filhos de Israel, o exército todo, subiram e, vindo a Betel, choraram; estiveram ali sentados perante o Senhor, e jejuaram aquele dia até a tarde; e ofereceram holocaustos e ofertas pacíficas perante ao Senhor.

Em l Samuel, 7:6, temos uma outra forma de jejum, que é o jejum de ARREPENDIMENTO. O povo de Israel, exortado por Samuel, se derramou perante o Senhor, jejuou e se propôs a retirar do meio de si os deuses estranhos e as astarotes (baalins, deuses falsos), e voltar-se novamente para o Senhor.

 »I SAMUEL [7]
3- Samuel, pois, falou a toda a casa de Israel, dizendo: Se de todo o vosso coração voltais para o Senhor, lançai do meio de vós os deuses estranhos e as astarotes, preparai o vosso coração para com o Senhor, e servi a ele só; e ele vos livrará da mão dos filisteus.
4- Os filhos de Israel, pois, lançaram do meio deles os baalins e as astarotes, e serviram ao ao Senhor.
5- Disse mais Samuel: Congregai a todo o Israel em Mizpá, e orarei por vós ao Senhor.
6- Congregaram-se, pois, em Mizpá, tiraram água e a derramaram perante o Senhor; jejuaram aquele dia, e ali disseram: Pecamos contra o Senhor. E Samuel julgava os filhos de Israel em Mizpá.


Em l Samuel, 31:13 e ll Samuel, 1:12, encontramos uma forma de jejum, que não é propriamente um jejum religioso, mas um jejum de TRISTEZA, quando o povo de Israel jejuou, pranteou e chorou por Saul e Jônatas.

»I SAMUEL [31]
13- Depois tomaram os seus ossos, e os sepultaram debaixo da tamargueira, em Jabes, e jejuaram sete dias.

»II SAMUEL [1]
11- Então pegou Davi nas suas vestes e as rasgou; e assim fizeram também todos os homens que estavam com ele;
12- e prantearam, e choraram, e jejuaram até a tarde por Saul, e por Jônatas, seu filho, e pelo povo do Senhor, e pela casa de Israel, porque tinham caído à espada.


Em ll Samuel, 12:16 temos um jejum de INTERCESSÃO pessoal, por uma pessoa da família, quando Davi fez um jejum rigoroso a favor do filho que teve com a mulher de Urias. Não foi bem sucedido, nem aceito o seu jejum, porque a criança estava ferida de morte pelo próprio Deus.

»II SAMUEL [12]
13- Então disse Davi a Natã: Pequei contra o Senhor. Tornou Natã a Davi: Também o Senhor perdoou o teu pecado; não morreras.
14 -Todavia, porquanto com este feito deste lugar a que os inimigos do Senhor blasfemem, o filho que te nasceu certamente morrerá.
15- Então Natã foi para sua casa. Depois o Senhor feriu a criança que a mulher de Urias dera a Davi, de sorte que adoeceu gravemente.
16- Davi, pois, buscou a Deus pela criança, e observou rigoroso jejum e, recolhendo-se, passava a noite toda prostrado sobre a terra.
17- Então os anciãos da sua casa se puseram ao lado dele para o fazerem levantar-se da terra; porém ele não quis, nem comeu com eles.
18- Ao sétimo dia a criança morreu; e temiam os servos de Davi dizer-lhe que a criança tinha morrido; pois diziam: Eis que, sendo a criança ainda viva, lhe falávamos, porém ele não dava ouvidos à nossa voz; como, pois, lhe diremos que a criança morreu? Poderá cometer um desatino.
19- Davi, porém, percebeu que seus servos cochichavam entre si, e entendeu que a criança havia morrido; pelo que perguntou a seus servos: Morreu a criança? E eles responderam: Morreu.
20- Então Davi se levantou da terra, lavou-se, ungiu-se, e mudou de vestes; e, entrando na casa do Senhor, adorou. Depois veio a sua casa, e pediu o que comer; e lho deram, e ele comeu.


Em Neemias, 1:4, temos um outro jejum de intercessão, feito pelo profeta Neemias , onde além da intercessão, ele demonstrava toda a sua tristeza pelo estado em que se encontrava a cidade de Jerusalém. Era uma demonstração de tristeza e era uma forma de intercessão a favor da cidade que fora desolada e das pessoas que ficaram cativas.

»NEEMIAS [1]
3- Eles me responderam: Os restantes que ficaram do cativeiro, lá na província estão em grande aflição e opróbrio; também está derribado o muro de Jerusalém, e as suas portas queimadas a fogo.
4- Tendo eu ouvido estas palavras, sentei-me e chorei, e lamentei por alguns dias; e continuei a jejuar e orar perante o Deus do céu,


No livro de Ester, temos um jejum em BUSCA DE FORTALECIMENTO pessoal para enfrentar um problema específico. Ester, além de jejuar, convocou o povo a se solidarizar com ela em jejum para se fortalecer pessoalmente e conmparecer diante do rei para fazer uma reivindicação pessoal a favor de todo o povo.

»ESTER [4]
15. De novo Ester mandou-os responder a Mardoqueu:
16- Vai, ajunta todos os judeus que se acham em Susã, e jejuai por mim, e não comais nem bebais por três dias, nem de noite nem de dia; e eu e as minhas moças também assim jejuaremos. Depois irei ter com o rei, ainda que isso não é segundo a lei; e se eu perecer, pereci.


Em Mateus, 15:32, temos referência ao jejum desnecessário, que é o PASSAR FOME simplesmente.

»MATEUS [15]
32- Jesus chamou os seus discípulos, e disse: Tenho compaixão da multidão, porque já faz três dias que eles estão comigo, e não têm o que comer; e não quero despedi-los em jejum, para que não desfaleçam no caminho.


Em Mateus, 17:21, o nosso Senhor Jesus Cristo refere-se a um outro jejum, de FORTALECIMENTO ESPIRITUAL, para enfrentar certa casta de demônios, que só pode ser expulsa à força de muita oração e jejum.

»MATEUS [17]
21- [mas esta casta de demônios não se expulsa senão à força de oração e de jejum.]


Em Zacarias,7:5, encontramos uma advertência do próprio Deus, em relação aos jejuns que fazemos. Quase todos os jejuns que estamos habituados a fazer, são feitos para nós mesmos. Para pedir alguma coisa a Deus, para agradecer por alguma graça alcançada, para interceder por alguma causa ou pessoa, para se fortalecer para enfrentar os embates da vida diária, etc. Todos, jejuns feitos em causas pessoais, não são feitos especialmente para Deus.

O jejum feito exclusivamente para Deus, é aquele em que nos privamos, por um tempo, de alguma coisa ou de alimentação, apenas em adoração ao Deus Todo-Poderoso. Esse é para Ele, os outros são para nós mesmos.


Finalizando esta pequena reflexão a respeito do jejum, gostaria de recordar apenas mais um texto bíblico, onde nosso Senhor Jesus Cristo nos diz "como" jejuar:

»MATEUS [6]
16- Quando jejuardes, não vos mostreis contristrados como os hipócritas; porque eles desfiguram os seus rostos, para que os homens vejam que estão jejuando. Em verdade vos digo que já receberam a sua recompensa.
17- Tu, porém, quando jejuares, unge a tua cabeça, e lava o teu rosto,
18- para não mostrar aos homens que estás jejuando, mas a teu Pai, que está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará.

Precisamos disso.

Nos aplicar disciplinadamente à prática das mais variadas formas de jejum. E precisamos conhecê-las, para não nos esquecer de, sempre que possível, fazer aquele jejum especial em adoração, reverência, respeito, contrição... enfim, em homenagem ao nosso Papai Querido.

Que Deus te abençoe poderosamente!

Fonte: Pr. Otoniel F. Menezes
Criada: 11/02/2003

Adicionar em seus favoritos Recomende esta página para um amigo Imprimir este artigo
Outros Estudos do Autor:
04/03/2003 - Vida Cristã - Coisas Que São
11/02/2003 - Vida Cristã - Jejum
26/01/2003 - Evangelismo - Jesus Cristo te dá saúde
23/01/2003 - Vida Cristã - A Oração Bíblica
18/01/2003 - Musica e Louvor - Louvor e Adoração
18/01/2003 - Evangelismo - Quem Maria é
18/01/2003 - Evangelismo - Todos os caminhos levam a Deus?
18/01/2003 - Evangelismo - Onde posso encontrar Deus?
18/01/2003 - Evangelismo - Por que Jesus teve que morrer?
18/01/2003 - Vida Cristã - “Os Gladiadores Cristãos”
05/01/2003 - Evangelismo - Por que Existe Esse Vazio?
05/01/2003 - Vida Cristã - Cristão tem de ser gente boa
05/01/2003 - Vida Cristã - Alimento Impróprio Para Consumo
03/01/2003 - Família - Relacionamento entre pais e filhos

Veja aqui todos os artigos do autor
Comentário Enviados
 
Deixe seu comentário Enviar para um amigo
Atenção: Todas as mensagens envidas são de inteira responsabilidade daqueles que as enviam. As mensagem serão publicadas em ambiente aberto sem moderação prévia, caso tenha algum problema entrar em contato com os administradores do site. Não deixe de ler o termo de uso do site.

Nome:

E-Mail:

Imagem de Segurança:

Digite o Código da Imagem de Segurança:

Comentário:


Remetente
Seu Nome:
Seu E-Mail:
Destinatário
E-Mail:
Mensagem:
 
Publicidade
ContatoDivulgueNo que cremosPublicidadeQuem somosTermos de uso
Network Gospel Brasil
Contatos: contato@netgospel.com.br | Parcerias: parcerias@netgospel.com.br
NGB © Copyright - Todos os direitos são reservados