Benzoilmetronidazol – Para que Serve o Remédio? Como Tomar Este Medicamento?

Benzoilmetronidazol é um medicamento anti-infeccioso, com ação antimicrobiana e antiparasita, indicado para tratar giardíase e amebíase. O tratamento deve ser realizado sob orientação médica, sendo que o medicamento só pode ser comprado com a receita, que será retida pela farmácia.

Entenda como funciona o benzoilmetronidazol, suas indicações, contraindicações e possíveis efeitos colaterais:

Como usar benzoilmetronidazol

O benzoilmetronidazol deve ser, exclusivamente, ingerido por via oral. Sua posologia varia de paciente para paciente e, por isso, a orientação médica é imprescindível. No geral, as recomendações são:

Giardíase

Para tratamento de giardíase, a posologia recomendada é:

  • Crianças de 1 a 5 anos devem tomar 5 ml do medicamento, duas vezes por dia, durante 5 dias;
  • Crianças de 6 a 10 anos devem tomar 5 ml do medicamento, três vezes por dia, durante 5 dias.

Amebíase

Para o tratamento de amebíase, a posologia recomendada é:

  • Amebíase intestinal: deve-se tomar 20mg ou 0,5ml por quilo, 4 vezes ao dia, entre 5 e 7 dias;
  • Amebíase hepática: deve-se tomar 20mg ou 0,5ml por quilo, 4 vezes ao dia, entre 7 e 10 dias;

Para os adultos, o modo de uso deve ser recomendado por um médico, para o tratamento de ambas as doenças.

Contraindicações do benzoilmetronidazol

O benzoilmetronidazolé contraindicado para pacientes em situações específicas. São elas:

  • Crianças menores de 1 ano;
  • Grávidas ou lactantes;
  • Pacientes com alergia ao metronidazol (composto ativo do benzoilmetronidazol) ou qualquer componente da fórmula.

Nas seguintes situações, o medicamento não é contraindicado, mas exige maior atenção e cautela:

  • Pacientes com doenças hepáticas;
  • Pacientes com doenças graves ou crônicas no sistema nervoso.

Ainda, se você perceber qualquer efeito colateral causado pelo medicamento, ouso deve ser suspenso e o médico deve ser procurado. Além disso, é contraindicado consumir bebidas alcoólicas durante o tratamento com benzoilmetronidazol e até um dia após finalizá-lo.

Possíveis efeitos colaterais do benzoilmetronidazol

Os pacientes que utilizam o benzoilmetronidazol podem apresentar diversos efeitos colaterais e reações adversas. Alguns exemplos são:

  • Febre;
  • Náusea;
  • Vômito;
  • Diarreia;
  • Alterações no paladar;
  • Convulsões;
  • Vertigem;
  • Alterações de humor;
  • Alucinações e confusão mental;
  • Alergias na pele.

Além destes citados, o benzoilmetronidazol pode causar outros problemas gastrintestinais, psiquiátricos e visuais, além de existir a possibilidade de afetar o sistema imunológico e o sistema nervoso.

Por causar certa confusão mental e outros distúrbios psiquiátricos, é recomendado que os pacientes que utilizam o benzoilmetronidazol não dirijam ou operem máquinas durante o período de tratamento. Ainda, o uso prolongado do medicamento pode causar câncer e outros tumores malignos ao organismo.

Se utilizado sob orientação médica e respeitando a posologia recomendada, o benzoilmetronidazol pode oferecer resultados muito eficientes no tratamento da giardíase e da amebíase, com riscos mínimos de efeitos colaterais e reações adversas.  Segundo estudos, seu índice de eficácia é de, aproximadamente, 97%.

Por isso, a automedicação do benzoilmetronidazol não deve ser realizada de maneira alguma.